Turistas defendem maior divulgação das potencialidades turísticas do Namibe

Vários turistas afirmaram que a província do Namibe possui enormes potencialidades turísticas, mas que ainda carecem de uma maior divulgação.

No deserto do Namibe, concretamente no município do Tômbwa, parque do Yona, semanalmente nota-se a permanência de mais de vinte viaturas com turistas estrangeiros, sendo na maioria sul-africanos e namibianos, acompanhados por angolanos que vão mostrando tudo o que o deserto do Namibe oferece, desde as colinas de areias movediças, as dunas, a welvitchia mirabilis e ainda animais como gazelas, orix, zebras, olongos e outros . Em declarações à Angop a directora do Gabinete provincial de Turismo no Namibe, Amélia Camunheira, salientou que nestas áreas turísticas, os turistas aproveitam ainda o mar para prática desportiva da área dos desportos náuticos.

“No mar, eles desfrutam das águas limpas e dos desportos náuticos, enquanto no deserto temos a rara planta “Welwitschia Mirabilis”, as maravilhosas dunas e colinas para fotografias e trabalhos investigativos. Turistas entrevistados pela Angop afirmaram que o Namibe possui enormes potencialidades, mas que ainda carece da sua divulgação para que seja mais visitada. “ Andamos com muita frequência dentro do parque do Yona, mas ainda assim notamos algumas áreas com enormes colinas e dunas que precisam de ser bem exploradas, pois isso ajudará a entendermos melhor o nosso trabalho de pesquisa sobre a origem deste deserto do Namibe, afirma Nataniel Franc. Outro sul-africano ligado aos desportos, Jumanc Ribas, afirmou que o Namibe possui praias limpas, com ondas enormes que facilitam a prática do “Surf”, mas é necessário que sejam implantadas politicas desportivas internacionais para a realização de tal tipo de evento.