Ao longo do tempo, a ficção científica tem provado ser uma janela para o futuro. Diversos produtores de cinema anteciparam cenários que pareciam impossíveis na época mas que, com o passar dos anos, se têm vindo a realizar. Eis alguns destes filmes que não se enganaram nas previsões.

Missão Impossível 4 – Operação fantasma (2011)

O Snapchat O quarto filme norte-americano da saga “Missão Impossível”, protagonizado por Tom Cruise no papel de Ethan Hunt, previu a criação de uma aplicação bastante conhecida hoje em dia, especialmente pelos mais novos: o Snapchat. Numa das cenas, Tom Cruise recebe um telemóvel com uma mensagem que avisa que, em poucos segundos, se vai auto destruir.

Tal como a app que nos dá acesso a imagens e mensagens a que nunca mais podemos ter acesso. Esta técnica é bem conhecida nos filmes de espiões e foi adaptada por Evan Spiegel no mesmo ano do filme, em 2011, quando criou o Snapchat.

Avatar (2009) Os robôs militares de combate

O filme produzido por James Cameron foi também protagonista de algo que achávamos que estaria muito longe de acontecer, os robôs militares de combate conduzidos por soldados. Um avanço tecnológico a partir do uso da tecnologia 3D, já conhecido por fazer parte de videojogos, como o Mechwarrior – jogo de guerra – que está agora a ser adaptado pela Coreia do Sul: já trabalha com tecnologias semelhantes para criar um veículo igual ao do Avatar. Também os militares dos EUA estão a desenvolver um projeto parecido, com o objetivo de aumentar as capacidades dos seus soldados.

Futurama (1999-2013) Os robôs de cozinha

A série de animação e humor criada por Matt Groening é conhecida por retratar o impossível e ilustrar realidades paralelas que estão muito longe de acontecer. Bender, uma das personagens da série que não passa despercebida (especialmente pelo facto de ser alcoólica), protagoniza um chefe de cozinha capaz de fazer qualquer receita com a ajuda dos seus braços robóticos. Agora, e inspirado nela, foi criado um robô capaz de fazer o mesmo: o Moley. A inovação promete facilitar nas tarefas domésticas e o seu lançamento está previsto para 2018.

 

007, James Bond (1962 ) Os smartwatches

Os filmes do 007 são conhecidos pelas suas tecnologias inovadoras e os smartwatches, sincronizados pela agente secreta Q (que se descobriu recentemente que era uma mulher) não ficaram de fora. A ideia não passou despercebida aos vários gigantes tecnológicos, que a adaptaram da ficção para a realidade. Os relógios inteligentes começaram a surgir no mercado por volta do ano de 2013 e são conhecidos por mandar e receber mensagens e executar tarefas através da fala.

Comentários

comentários