As empresas abrangidas devem contratar até 30% da mão-de-obra estrangeira não residente, orienta um Decreto Presidencial de 6 de Março.

As empresas angolanas poderão contratar trabalhadores estrangeiros não residentes por um período não superior a 36 meses e os pagamentos devem ser feitos exclusivamente em moeda nacional, segundo Decreto Presidencial de 6 de Março. A medida, que visa garantir um tratamento mais equilibrado entre nacionais e expatriados, impõe que as empresas abrangidas devem contratar até 30% de mão-de-obra estrangeira não residente, as restantes 70% das vagas devem ser preenchidas por força de trabalho nacional.

Sonangol regularizou o abastecimento de combustível.

A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) assegurou neste Domingo, 12 de Março, em Luanda, que ficou regularizado o atraso na descarga dos combustíveis importados nos portos nacionais de Luanda e do Lobito. A empresa garante que não haverá ruptura de “stock” nem reduções significativas nos volumes de gasolina e gasóleo que são disponibilizados aos postos de abastecimento do país.

A empresa garante que não haverá ruptura de “stock” nem reduções significativas nos volumes de gasolina e gasóleo que são disponibilizados aos postos de abastecimento do país. Angola é auto-suficiente na produção de gás butano. Angola tornou-se desde finais do ano passado auto-suficiente na produção de gás butano. A fábrica Angola LNG, localizada na cidade petrolífera do Soyo, na província do Zaire, passou desde 2016 a operar sem restrições e como resultado o país deixou de importar o gás butano, que permitiu ao país projectar exportações para outros países vizinhos e sectores interessados.

Espaço Internacional

EUA A revogação do Affordable Care Act, conhecido como Obamacare aumentará em 24 milhões o número de norte-americanos não segurados. O projecto apresentado pelos republicanos para substituir o Obamacare, caso seja aprovado, fará com que 14 milhões de norte-americanos percam o seguro de saúde até 2018 e 24 milhões até 2026, segundo um relatório divulgado pelo Congressional Budget Office (CBO), agência não partidária ligada ao Congresso americano, mas que reduziria o défice público em 337 mil milhões USD até 2026.

OPEP

O Kuwait tornou-se no primeiro país a solicitar a extensão do acordo de corte da produção de petróleo. O Kuwait pretende que a OPEP estenda os cortes da produção para além do mês de Junho, tornando-se no primeiro país membro a solicitar mais tempo para que se obtenha o equilíbrio no mercado internacional de crude após a recente baixa dos preços.

Comentários

comentários