A Selecção Nacional tem pela frente a Eslovénia, uma equipa com créditos firmados no andebol europeu. Ainda assim, Angola entra sem receios, porque cada jogo tem a sua história.

O antigo jogador de andebol do Interclube, Euclides Kissanga, disse ontem a O PAÍS que Angola pode surpreender hoje a Eslovénia no grupo B do Mundial sénior masculino que decorre em França desde ontem. Euclides Kissanga augurou que, na sua estreia, Angola entre para a quadra de jogo na cidade de Metz sem temer o adversário, às 14:00, porque tem atletas com experiência internacional.

“Angola pode surpreender a Eslovénia. O grupo tem jogadores com qualidade”, admitiu o ex jogador. Apesar de a Eslovénia ser uma equipa forte, o antigo praticante acredita que a presença de Angola em dois mundiais e em vários campeonatos africanos garante confiança ao grupo. Para o ex-jogador, Giovane Muatchissengue é um atleta experiente e com créditos firmados nestas competições. Deste modo, a preparação em Luanda e em Portugal deu mais rodagem competitiva aos atletas da equipa nacional.

“Angola entra sem temer o adversário, por isso deve jogar para fazer um bom resultado, porque o grupo tem equipas muito fortes”, disse Euclides Kissanga O antigo jogador do Interclube disse que Angola tem possibilidades de vencer a Tunísia, porque já se defrontaram várias vezes nos campeonatos africanos.

Mais informação encontre no jornal impresso já nas bancas!

Comentários

comentários