O ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa, reiterou nesta Quinta-feira, em Luanda, os agradecimentos do Executivo angolano a todos quanto contribuíram para o êxito da primeira fase do registo eleitoral

O governante expressou esse reconhecimento no acto formal da abertura da segunda fase do processo de registo eleitoral, realizado na Mediateca “Zé Dú”, município do Cazenga.

O processo vai prolongar-se até 31 de Março de 2017, visando as Eleições Gerais do ano em curso. Na ocasião, o ministro informou que a primeira etapa resultou no registo, actualização dos dados eleitorais e prova de vida de mais de seis milhões de cidadãos angolanos, dos quais mais de cinco milhões de actualizações e cerca de um milhão de novos registos.

Evidenciou o espírito patriótico e cívico demonstrado pelos cidadãos que ao longo da primeira fase se fizeram presentes nos postos criados para efectuarem a actualização e prova de vida, para tratarem uma segunda via do cartão, ou ainda fazerem o seu registo eleitoral pela primeira vez.

O reconhecimento foi igualmente extensivo aos brigadistas, fiscais dos partidos políticos, agentes de educação cívica, da Polícia Nacional, dos Serviços Alfandegários e dos pilotos e operacionais das Forças Armadas Angolanas (FAA).

Destacou ainda os funcionários dos departamentos ministeriais, dos governos provinciais e das administrações dos municípios, comunas, e distritos urbanos, bem como os comissários da CNE dos diversos escalões territoriais.

Por outro lado, agradeceu aos brigadistas e a todos os actores que se predispuseram a assegurar o registo eleitoral dos cidadãos maiores residentes no estrangeiro e que se deslocaram ao país em férias durante a quadra festiva do Dia da Família e de Ano Novo.

Assistiram ao acto o presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), André da Silva Neto, a ministra da Família e Promoção da Mulher, Filomena Delgado, a vice-governadora de Luanda para a área Social, Juvelina Imperial.

Estiveram ainda comissários da CNE, representantes da Comissão Interministerial de Apoio ao Processo de Registo Eleitoral, administradores municipais, distritais e das centralidades de Luanda, entre outros convidados.

Comentários

comentários