Na abertura da sexta jornada do Campeonato Nacional, o 1.º de Agosto bateu o Bravos do Maquis por 2-0 e está agora no topo da tabela com dezasseis pontos.

O 1.º de Agosto isolou-se ontem no Girabola Zap ao vencer o Bravos do Maquis do Moxico por 2-0, no jogo de abertura da sexta jornada, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda. Com este triunfo, os militares chegam aos 16 pontos, mais três que o Kabuscorp do Palanca, segundo classificado da prova. Assim, os militares fortalecem as convicções rumo à conquista do primeiro turno da maior festa do desporto rei no país.

No Estádio 11 de Novembro, os pupilos de Dragan Jovic agudizaram a crise de resultados da formação orientada por João Pintar. Os maquisardes, sem muitos argumentos em campo, perderam pela segunda vez consecutiva. Na ronda anterior, escorregaram em casa frente ao Recreativo da Caála (Huambo) por uma bola a zero. Ao longo da partida, a única situação de perigo dos maquisardes deu-se aos 15 minutos.

O avançado Vado I desperdiçou a única oportunidade para visar a baliza de Tony Cabaça. Volvidos dezassete minutos, os militares ficaram em vantagem. Nelson Luz inaugurou o marcador. A pressão do campeão nacional era maior, por isso o Maquis foi encostado ao seu reduto defensivo. Ainda assim, os militares não aproveitaram as falhas defensivas do adversário.

Mais informação encontre no jornal impresso já nas bancas!

 

Comentários

comentários