Paulo Hilário, de 43 anos, pôs fim à própria vida, ontem, amarrando um cabo eléctrico no pescoço e no corrimão da ponte da vala do Antigo Controlo, na Samba. O cidadão deixa viúva e 3 filhos.

Um dia antes do fatídico acontecimento, Paulo Hilário tentou, pela mesma via, acabar com a vida em sua casa, porém sem sucesso, segundo confidenciou-nos Álvaro Fernandes, vizinho da vítima. “No mesmo dia tentamos impedi-lo que se matasse, tendo inclusive se chateado e nos ameaçado com faca de cozinha”, relatou. O que foi evitado no dia 15, aconteceu no dia 16, ontem, num raio de 600 metros de casa.

Paulo saiu, a que horas, ninguém sabe, e enforcou- se com um cabo eléctrico na ponte do conhecido Antigo Controlo. A notícia da sua morte chegou quando uma vizinha, que normalmente se exercita na zona, viu um aglomerado de pessoas e ao aproximar-se reconheceu o corpo da vítima.

A perda deixou consternada a família e a vizinhança da rua 4A, do bairro Sagrada Esperança, no Prenda, também pelo facto de “ser um indivíduo que não tinha problemas com ninguém, muito reservado, não gostava de ambientes e nem de receber alfgo que não fosse do seu esforço”, desabafou um dos irmãos da vítima.

Mais informação encontre no jornal impresso já nas bancas!

 

Comentários

comentários