Até ao momento, o jovem Makela, de 20 anos de idade, é apontado como presumível autor do crime bárbaro que ocorreu na madrugada desta Terça-feira, 22 no bairro Palanca, tendo como vitimas três membros da mesma família. Apesar de estar por se apurar os reais motivos do crime, a tia do jovem adiantou ao O PAÍS que há muito que o Makela vem mostrando comportamentos estranhos  e acredita que “tenha tomado esta atitude porque recebeu feitiço para singrar na vida”.

As vítimas foram assassinadas a tiro. A  última, o tio mais velho, ainda resistiu algum tempo; o suficiente para contar quem foi o autor do crime; tendo perecido no Hospital Américo Boavida.

Makela está preso juntamente com outros  dois cidadãos acusados de terem participado na acção.

 

Comentários

comentários