É notícia que a ligação entre as capitais do Cuando Cubango e Huíla ficará mais fácil daqui a catorze meses, quando o vital troço Cuchi/Cutato estiver reabilitado. A formalização do processo de entrega ao empreiteiro do decisivo pedaço de estrada por reparar, aconteceu Sexta-feira e a festa do arranque aconteceu. Mas há provavelmente uma festa maior por realizar, quando daqui a quase ano e meio a obra estiver concluída. Porquê?

Porque, com quase toda a certeza, teremos no Cuando Cubango a exibição da celebrada eficiência alemã. Ou seja, o bem fazer dos germânicos, respeitado no mundo inteiro. É uma magnífica notícia saber-se que os alemães se juntaram aos que constroem estradas em Angola, no gigantesco esforço que o Governo faz para que o país se recomponha em matéria de infra-estruturas fundamentais e o desenvolvimento possa ser solidamente pensado.

E os alemães não o fizeram por menos: apresentam- se com uma das suas empresas mais conceituadas, a Gauff. Vamos querer ser recordados nesta celebração antecipada quando, daqui a 14 meses, o selo alemão brilhar no asfalto do Cuando Cubango. Assim é que é: crescer com os melhores!

Comentários

comentários