A chefe interina da Missão de Observação Eleitoral da SADC (SEOM sigla em inglês), Susan Alphonce Kolimba disse, ontem em Luanda, estarem disponíveis 70 observadores de nove Estados membros da SADC, a convite da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), a fim de observarem as próximas eleições gerais de 23 de Agosto próximo.

A também vice-ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação da Tanzânia falava durante o lançamento oficial da Missão de Observação Eleitoral da SADC (SEOM) na República de Angola, ocorrido ontem, no Hotel de Convenções de Talatona, em Luanda. Na ocasião, Susan Kolimba informou que os 70 observadores da SADC serão distribuídos a partir do dia 15 de Agosto, em 14 províncias angolanas, garantindo assim que o SEOM cubra uma proporção substancial do país, nomeadamente as províncias do Bié, Bengo, Benguela, Cabinda, Cunene, Cuanza-Norte, Cuanza-Sul, Huambo, Huila, Luanda, Lunda-Norte, Malange, Moxico e Zaire.

A responsável assegurou que, no âmbito da sua missão, os observadores da SADC “cumprirão as leis e regulamentos nacionais e manterão uma estrita imparcialidade na sua conduta”. “Com alguns dias de antecedência antes do dia do pleito, desejamos que as pessoas desta grande nação tenham uma eleição pacífica e credível.

Nós garantimos ao povo angolano, o total apoio da SADC para este processo eleitoral”, disse Susan Kolimba. A diplomata salientou ainda que a sua comitiva foi informada, de forma confiável, pela Missão do Conselho Consultivo Eleitoral da SADC de que a CNE e os actores relevantes em Angola tomaram as medidas necessárias para garantir que os princípios para a realização de eleições democráticas se encontrem em conformidade com os princípios e directrizes revistos da SADC que regem a realização de eleições democráticas.

“Concluímos que a República de Angola está preparada para realizar eleições no dia 23 de Agosto de 2017”, disse. Por seu turno, o director do Órgão de Cooperação Política, Defesa e Segurança e do Secretariado da SADC, Jorge Cardoso, informou que as actividades da SEOM em Angola serão coordenadas a partir da sua sede, localizada no Hotel de Convenções de Talatona (HCTA) em Luanda. Fez saber ainda que a referida Missão divulgará a sua declaração preliminar na sua sede, no próximo dia 25 de Agosto de 2017.

Comentários

comentários