Começa no dia 28 de Agosto do ano em curso a Feira Internacional de Maputo (FACIM), que vai já na sua 53ª edição. O espaço, de acordo com o embaixador de Moçambique, constitui uma boa oportunidade para os empresários angolanos exporem as suas potencialidades.

O embaixador plenipotenciário da República de Moçambique em Angola, Santos Álvaro, convidou nesta Terça-feira, em Luanda, os empresários angolanos a investirem naquele país, no âmbito da política de oportunidades de negócios que está a ser implementada pelo seu governo. O diplomata fez estas declarações durante a 2ª sessão de divulgação da 53ª edição da Feira Internacional de Maputo (FACIM).

Na ocasião, o diplomata convidou os empresários angolanos a participarem, em Moçambique, na maior montra de negócios do seu país no sentido de exporem os seus produtos e potencialidades. “A FACIM é num espaço único para todos os sectores económicos à escala mundial, onde homens de negócios irão reunir e criar novos projectos”, considerou Santos Álvaro.

O evento, que decorreu nas instalações da Agência para a Promoção de Investimento e Exportações de Angola (APIEX), tem como objectivo expor as potencialidades de produtos exportáveis, bem como estabelecer parcerias e promover oportunidades de negócios nos diversos segmentos do tecido empresarial nacional e estrangeiro, além de estimular novas iniciativas de investimento público-privado, através das pequenas e médias empresas.

A 53ª edição da Feira Internacional de Maputo (FACIM), que decorre 28 de Agosto a 02 de Setembro, reserva espaço aos expositores e convidados. O evento acontece num espaço descoberto com 20.000 metros quadrados, o espaço coberto é de 33.650 metros quadrados. Conta ainda com nove pavilhões sendo o Nachingweia, Matchedje, Gwazamuthini e Chai, que irão acolher os países e empresas estrangeiras.

Sobre a FACIM

A FACIM é uma feira comercial, espaço privilegiado onde se juntam produtores, vendedores, investidores, importadores, expositores, compradores e tem como objectivo fundamental a promoção das trocas comerciais e estimular o consumo e a integração económica de Moçambique na economia mundial. No referido evento, os expositores tiram o máximo proveito do espaço disponível, para a divulgação dos seus produtos, equipamentos, maquinarias, inovações e serviços. A primeira edição da FACIM foi inaugurada no dia 24 de Julho de 1964.

Comentários

comentários