União Europeia aprova sanções à Venezuela

A União Europeia decidiu, ontem Segunda-feira, por unanimidade, aplicar sanções à Venezuela, incluindo um embargo de armas e outro material “que possa ser usado para a repressão interna”, e adoptou o quadro legal para impor medidas contra os responsáveis.

‘Complementarmente aos seus esforços políticos e diplomáticos com visando uma solução pacífica negociada para a crise política, o Conselho decidiu hoje por unanimidade adotar medidas restritivas, sublinhando a sua preocupação com a situação no país”, lê-se nas conclusões sobre a situação na Venezuela, ontem adoptadas pelos ministros dos Negócios Estrangeiros da UE, reunidos em Bruxelas.

 

Mais informação encontre no jornal impresso já nas bancas!