Reformados 15 generais das FAA

Quinze oficiais generais das Forças Armadas Angolanas (FAA) passaram ontem, Quarta-feira, em Luanda, à reforma, depois de terem prestado mais de 40 anos de serviço militar à pátria. Trata-se de dois generais, quatro tenente-generais, sete brigadeiros e dois contraalmirantes.

A cerimónia de passagem para a reforma foi orientada pelo chefe do Estado Maior-General das FAA, Geraldo Sachipengo Nunda, que destacou o contributo dos reformados nas diversas missões ligadas a defesa e segurança do país. Agradeceu por tudo o que fizeram em prol da pátria e das forças armadas.

Recomendou aos reformados para se dedicarem à formação, ao empreendedorismo e às respectivas famílias. Na sequência da passagem a reforma, as FAA garantem, entre outras, os serviços de saúde e salários até o enquadramento na segurança social.