Editorial: Mobilidade SADC

Olhando bem para o mapa da região austral do nosso continente, zona SADC, em que estamos inseridos, dá para perceber que a livre circulação é já um “facto” para os angolanos. Vejamos, pelo Sul, a partir deste mês, podermos ir de Cabinda ao Cabo, e depois ainda poderemos subir até Maputo.

Por: Redacção OPaís

O resto, Zâmbia, Zimbabwé, Malawi, Lesotho e Botswana é uma questão de tempo. Pouco tempo. São países pequenos e que não vivem, até onde se sabe, grandes movimentos migratórios. De qualquer forma, para já, as rotas mais importantes, tanto em termos turísticos, como comerciais, estão abertas. Serão os angolanos capazes de as explorar como deve ser? Vamos apenas levar dinheiro nas nossas viagens, ou teremos capacidades de atrair pessoas e dinheiro daqueles países também? Agora sim, está aberto um largo campo para a afi rmação dos angolanos na região, principalmente aos empresários. É hora de ver como tiramos vantagens desta maior mobilidade.