Importação de bacalhau regista queda por falta de divisas

Empresa responsável pela entrada no país de grandes quantidades do bacalhau que é comercializado nas grandes superfícies comerciais, a Ribeiralves, está com dificuldades para importar o produto devido à escassez de divisas

Por: Miguel Kitari 

Com o aproximar da quadra festiva, período em que se consome mais bacalhau, o mercado pode registar a falta deste produto. Em causa está a redução da importação por parte da empresa Ribeiralves, que já foi responsável por mais de 50% da quota do mercado.

O director-geral da Riberalves avançou, em exclusivo ao OPAÍS, que este ano a empresa que dirige importou apenas cinco contentores, aproximadamente 100 toneladas.

De acordo com José Luís Francisco, no ano passado (2016) importaram 17 contentores de bacalhau, quantidade que não serviu para abastecer, de forma satisfatória, o mercado luandense. “Em 2015, recebemos perto de 80 contentores. No entanto, nos últimos anos temos vindo a registar quedas significativas. Esta dificuldade na importação de bacalhau tem a ver com redução de divisas no mercado financeiro angolano”, lamentou, reforçando que “até 2015 a empresa era responsável pela importação de 50% da quota de mercado”, lembrou.

Neste período, prosseguiu, a Riberalves abastecia as principais redes de supermercados existentes no país, assim como os revendedores do mercado informal. “Neste momento não temos clientes específicos.

Quem quer comprar vem aqui e compra. As grandes superfícies, quem eram os nossos principais clientes, agora também importam”, declarou, acrescentando que elas estão melhor em termos de aquisição de divisas comparativamente à sua empresa. A Riberalves Angola importa bacalhau de Portugal para o país, e tem a sua sede em Viana, província de Luanda.

O bacalhau

Bacalhau é o denominação comum de várias espécies de peixes classificadas em vários géneros, em particular no género Gadus, da família Gadidae, sendo este o bacalhau dito “original” ou “verdadeiro”, encontrado no Atlântico, chamado Gadus morhua, que é uma das cerca de 60 espécies da mesma família de peixes migratórios. O Gadus vive nos mares frios do Norte, sendo geralmente de tamanho pequeno, embora alguns exemplares possam chegar a pesar 100 kg e medir pouco menos de dois metros.

O bacalhau seco foi introduzido na alimentação inicialmente pelos portugueses, que durante as grandes pescarias, já realizavam o processo comum de salga do pescado desde o século XIV, época das grandes navegações.