1º de Agosto vence Liga dos Clubes Campeões

Dois anos depois, o 1º de Agosto volta a conquistar a Liga dos Clubes Campeões Africanos da bola ao cesto em feminino

Por: Isandra Capita

O 1º de Agosto conquistou, ontem, a 23ª edição da Liga dos Clubes Campeões Africanos em basquetebol sénior feminino. As militares derrotaram, no Pavilhão Multiusos do Kilamba, o Ferroviário do Maputo, por 65- 51, em partida a contar para a final da competição.

As pupilas de Jaime Covilhã entraram concentradas e com os olhos postos na conquista do terceiro troféu para a galeria militar, bem como forte intuito de criar dificuldades às adversárias.

A formação do Rio Seco utilizou todas as suas potencialidades para desbloquear o sistema defensivo e ofensivo do Ferroviário do Maputo e manter a possibilidade resgatar o troféu perdido há dois anos para o Inteclube, sendo que ao intervalo já venciam por 32-23.

No reatar da partida, as moçambicanas entraram melhor, com o objectivo de se imporem diante das militares e procurar uma vitória para alcançar o primeiro título africano da bola ao cesto, mas não tiveram pernas para contrapor as manobras defensivas da equipa afecta às Forças Armanadas Angolanas e diminuir a diferença pontual.

Perante a redução de produtividade, o 1º de Agosto aproveitou os erros cometidos pelo Ferroviário do Maputo nos últimos minutos do encontro para demonstrar a hegemonia das equipas angolanas na Taça dos Clubes Campeões Africanos . Sendo que as militares venceram todos os quatro períodos do encontro.

Na outra partida, o Fisrt Bank da Nigéria conquistou a terceira posição da tabela classificativa, ao derrotar o Interclube por 70-61. Depois de perder a possibilidade de revalidar o troféu, a formação afecta à Polícia Nacional escorregou e não teve pernas para contrapor as manobras ofensivas e defensivas das nigerinas. Com a quarta posição, as pupilas de Apolinário Paquete viram frustrado o principal objectivo da equipa.