FAF apresenta novo técnico dos Palancas Negras

A poucos dias do começo do CHAN 2018 em Marrocos, o órgão que rege a modalidade no país prepara-se para apresentar o substituto de Beto Bianchi

Por: Sebastião Felix

A Federação Angolana de Futebol (FAF), segundo fontes deste jornal, apresenta nos próximos dias o novo técnico dos Palancas Negras.

A escolha, como se diz, deverá recair a um técnico nacional, uma vez que o órgão que rege a modalidade no país não tem verbas para contratar um treinador estrangeiro.

De acordo com as fontes deste jornal, o substituto de Beto Bianchi, timoneiro que assumia simultaneamente o petro de Luanda e a Selecção Nacional, terá a missão de fazer uma boa campanha no CHAN 2018 que Marrocos acolhe de 13 de Janeiro a 4 de Fevereiro.

Os Palancas Negras, pelo que se diz, já deviam ter começado a preparação, aliás o Campeonato Nacional terminou faz tempo.

Na prova disputada por atletas que actuam no futebol africano, a Selecção Nacional já conhece os seus adversários.

No grupo D, os Palancas Negras vão jogar com os Camarões, Burkina Faso e o Congo Brazzaville, na cidade de Agadir.

Com estes adversários, o novo treinador tem a obrigação de fazer um bom estudo para chegar à outra fase. Por outro lado, o futebol dos camaroneses continua a ter o mesmo escopo, apesar de estar ausente das melhores competições do desporto rei faz tempo.

O Burkina Faso é um país com tradição no futebol, aliás já venceu os Palancas Negras em Luanda, no quadro das qualificativas para o CAN 2017 que o Gabão acolheu. Deste modo, é uma selecção a ter em conta no grupo, porque, também tem argumentos para se impor na primeira fase.

O Congo Brazzaville, como é evidente, o seu futebl está em ascensão. Nos últimos anos tem tido um comportamento regular nas competições africanas. Para o departamento técnico da FAF fi ca a obrigação de fazer atempadamente o trabalho de casa, mesmo com poucos recursos, para não ser surpreendido.