“Pretendo trabalhar com todos”

O novo presidente da Federação Angolana de Judo (FAJ), Paulo Nzinga “Apolo”, disse ontem a O PAÍS que vai implementar um plano de formação para árbitros, treinadores e dirigentes desportivos.

O responsável federativo eleito no passado Sábado, na sala do Comité Olímpico Angolano (COA), com seis votos a favor contra cinco de Alberto Matos Cardoso, candidato da lista B. “Pretendo trabalhar com todos os fazedores da modalidade para que consiga atingir o desenvolvimento”, realçou Paulo Nzinga.

O dirigente adiantou ainda que para as províncias se pretende fazer um acompanhamento trimestral onde será observado o nível técnico de cada, tendo em vista o quadriénio 2017-2020.