Morte de crianças leva deputados da UNITA à Lunda-Norte

Três parlamentares da UNITA integram uma delegação que se desloca na manhã de hoje à comuna de Cafunfu, município do Cuango, na Lunda-Norte, para apurar as causas de mortes de crianças que têm ocorrido com frequência nos últimos meses

Acaravana, em que se integram os deputados Domingos Oliveira, do círculo provincial da Lunda-Norte, Clarice Mukinda, da do, assim como o Hospital Regional do Cuango e os centros de saúde existentes. Um encontro de auscultação com as principais figuras da sociedade civil e as autoridades tradicionais da zona também consta da agenda dos parlamentares para os próximos dias.

‘Queremos escutar todos, incluindo os familiares das vítimas que morreram por causa dessas febres que se diz ocorrerem com frequência na região’, atirou a fonte. Principal força política da Oposição no país, a UNITA conseguiu pela primeira vez um deputado no círculo provincial da Lunda-Norte. O partido liderado por Isaías Samakuva obteve 22,93 por cento de votos nesta província, atrás do MPLA que teve 66,66 %, mas a frente do PRS (5,14), CASA-CE (3,44), FNLA (1,05) e APN (0,77). Comissão de Infância e Família, e Joaquim Nafoia, igualmente responsável da UNITA para os Direitos Humanos, pretende ficar na localidade durante três dias.

Durante o referido período, segundo fonte desta organização política, os parlamentares deverão fazer visitas de constatação para apurarem as causas da doença que tem ceifado a vida de dezenas de crianças semanalmente na diamantífera vila de Cafunfu, na região do Cuango.

‘Vamos fazer uma visita de constatação. Pretendemos saber quais são as origens daquilo que temos vindo a saber por notícias que anunciam a morte de cinco a seis crianças quase que diariamente em Cafunfu’, contou a OPAÍS uma fonte do grupo parlamentar da UNITA. ‘Pode, se calhar, haver um exagero nas informações e dados que temos vindo a receber. Mas para termos certeza do que se passa só estando lá mesmo no terreno’,

acrescentou. Além de contactos com as autoridades comunais e municipais, os três deputados tencionam visitar as principais infraestruturais sociais existentes na pequena vila de Cafunfu. Entre estas constam os centros de captação, tratamento e distribuição de água, os rios em que algumas pessoas ainda se socorrem para ter acesso ao precioso líquido, assim como o Hospital Regional do Cuango e os centros de saúde existentes. Um encontro de auscultação com as principais figuras da sociedade civil e as autoridades tradicionais da zona também consta da agenda dos parlamentares para os próximos dias.

‘Queremos escutar todos, incluindo os familiares das vítimas que morreram por causa dessas febres que se diz ocorrerem com frequência na região’, atirou a fonte. Principal força política da Oposição no país, a UNITA conseguiu pela primeira vez um deputado no círculo provincial da Lunda-Norte. O partido liderado por Isaías Samakuva obteve 22,93 por cento de votos nesta província, atrás do MPLA que teve 66,66 %, mas a frente do PRS (5,14), CASA-CE (3,44), FNLA (1,05) e APN (0,77).