Presidente da República encontre-se com Secretário Geral da ONU

“Foi um encontro de sois velhos amigos”, começou por dizer António Guterres após a conversa que manteve com o Presidente de Angola, João Lourenço. E continuou: “Tive o maior gosto de felicitar o senhor presidente pela sua eleição e de lhe dizer que o interesse das Nações unidas numa relação estreitíssima com Angola é enorme, em todos os domínios.

POR: Nuno Agnelo, TV Zimbo em Abidjan

Depois passamos os “olhos” sobre as várias crises que rodeiam Angola, deste a República democrática do Congo ao Burundi, passando agora pelo Zimbabwe e, um pouco mais longe, a República Centro Africana, o Sudão do Sul…”. Mas adiante, o secretário-geral da ONU disse que em todas estas áreas de conflito disse que a ONU quer colaborar com a União Africana, com as organizações regionais e, em particular, com a República de Angola.

Questionado sobre o papel que Angola deve desempenhar em África, do ponto de vista das Nações Unidas, o secretário-geral disse que deseja um papel “tão activo quanto possível”, “porque acreditamos que Angola pode ser um factor de estabilidade da sub-região e em África”