Inundações afectam 800 mil pessoas na Tailândia

Cerca de 800 mil pessoas foram afectadas pelas inundações que há uma semana afligem dez províncias do sul da Tailândia que já causaram seis mortos.

A província de Songkhla é a mais severamente afectada. Fontes do Departamento de Prevenção e Mitigação de Desastres indicaram que os distritos em condições mais críticas são os de Krasae Sin, Ranot, Sathing Phra e Singha Nakhon, junto ao lago Songkhla. As autoridades trabalham para reduzir o nível de água no lago que está a transbordar, prevendo-se que, se o tempo não melhorar, as inundações na zona podem durar até um mês.

Equipas de apoio, com as quais o exército colabora, realizam operações de buscas e resgate, preparam centros de acolhimento, distribuem alimentos e roupa e proporcionam serviços sanitários, de água e electricidade. O rio Sungay Kolok transbordou em vários afluentes na província de Narathiwat, com registo de zonas em que a água atinge os dois metros de altura.

As inundações são habituais na Tailândia, em que as chuvas são intensas na época de monção, que incidem na parte meridional do país, entre Setembro e Dezembro, e o centro entre Junho e Outubro.