Obra discográfica “Deus me consola” já ao dispor do público

O trabalho discográfico intitulado “Deus me consola”, do músico Miguel Buila foi colocado Sábado,2, ao dispôr do público numa sessão de venda e assinatura de autógrafos na Praça da Independência, em Luanda.

O disco produzido pela Bom Som Gospel conta com 16 músicas, cujas letras trazem a público vários resumos da história de vida do autor, desde as humilhações às experiências de superação do artista.

O disco tem participações de Yola Semedo, Kyaku Kyadaff , Lioth Kassoma, padre Fábio de Melo, Angospel e os irmãos Tuapandula Singers, numa produção executiva a cargo da Bom Som. Segundo o músico Anselmo Ralph, o mundo gospel foi marcado por muitas músicas que eram vistas como produtos sem qualidade, mas que agora Miguel Buila e outros artistas têm reelaborado e imprimido qualidade artística, sonora, de produção e apresentação do produto final, que elevam o nível da música gospel em Angola.

Já os músicos Nguito Pandas e Té Kuanzambi foram unânimes em considerar que a luta pelo resgate dos valores morais e cívicos, através da música gospel, conseguem lançar a palavra – a semente para consciencializar as mentes sobre o que é fundamental para o amor ao próximo.

A próxima sessão estava marcada para ontem, Domingo, na Casa da Juventude de Viana. O músico possui no mercado, entre outros, os discos “Renovar”, sendo autor dos temas “No nosso mundo”, “Minha vocação”, “Espírito Santo”, “Nzola Yaye”, “C’est toi” e “São Pedro”. Miguel Cristóvão Buila, nascido em 1984, autor do “Renovar”, é detentor de um timbre vocal inconfundível, e que torna-lhe uma das vozes mais sonantes do gospel produzido em Angola.