Angola falha primeiro objectivo no Mundial

A Selecção Nacional sénior feminina de andebol, ao perder ontem pela terceira vez consecutiva na prova que decorre na Alemanha, desta vez com a Eslovénia, compromete a passagem para os oitavos-de-final.

POR: Madona Lourenço

A Selecção Nacional sénior feminina de andebol comprometeu, ontem, as aspirações de chegar aos oitavos-de-final no Mundial que decorre na Alemanha. Ao perder ontem pela terceira vez consecutiva, no grupo A frente à Eslovénia por 24-32, o sete nacional falha o primeiro objectivo na prova. Depois da derrota diante da Espanha e da França, Angola entrou com uma outra postura na ronda anterior.

Na primeira parte, as campeãs africanas ombrearam de igual para igual com a Eslovénia, sendo que foram para o intervalo empatadas a 15 bolas. No reatamento da partida, o sete nacional entrou mais ousado. Resitiu, mas na ponta final não teve condições físicas e técnicas para furar a muralha defensiva da Eslovénia. Por outro lado, o sete nacional perdeu muitas bolas, sobretudo quando estivesse a atacar a baliza contrária.

A capacidade física da Eslovénia foi superior a de Angola, porque estava física e tecnicamente mais preparada. Ficou também provado que o volume de jogos da equipa adversária superava o das campeãs africanas. Ao longo da época, na Europa do Leste a competição disputada palmo a palmo interna e externamernte.

É ponto assente que o volume de jogos das angolanas é inferior, por isso é importante ter atletas a jogar fora e ter um campeonato a altura dos desafios. O sete nacional volta a jogar amanhã com a Roménia, uma adversária com argumentos técnicos e tácticos. Deste modo, encerra a primeira fase do Mundial com o Paraguay, na Sexta-feira.