Angola joga para salvar a honra do “convento

A Selecção Nacional sénior feminina de andebol joga hoje com a Roménia, uma adversária com argumentos muito fortes, tanto assim que venceu a Espanha e a França.

POR: Madona Lourenço

Depois de falhar o apuramento para os oitavos-de-final no Mundial de andebol que decorre na Alemanha, a Selecção Nacional sénior feminina defronta hoje a Roménia, às 18:00h. No grupo A, na cidade de Trier, as campeãs africanas, à semelhança da Eslovénia, voltam a medir forças com uma formação da Europa do Leste.

Apesar de não existirem dois jogos iguais, na quarta jornada, as angolanas podem enfrentar os mesmos problemas. Para salvar a honra do “convento”, o sete nacional tem a obrigação de corrigir as falhas do jogo anterior. Como é evidente, na pausa observada ontem, o técnico Morten Soubak conversou com o grupo e identificou as principais falhas.

Assim, as perdas de bolas e os ataques falhados fazem parte do passado, aliás é importante recuperar a capacidade física das principais atletas. A falta de atitude e a inexperiência de algumas jogadoras, recém chegadas à equipa nacional, têm dificultado a estratégia do técnico Morten Soubak. Por isso, depois do jogo com a Eslovénia, adiantou que conhece as adversárias de Angola e tudo fará para melhorar.

Por sua vez, a Roménia bateu o Paraguai por 29-17, numa partida em que não teve muitas dificuldades. No encontro com a Espanha, as romenas venceram por 19-17, diferença de duas bolas. As espanholas perderam somente no detalhe. Frente à Eslovénia, o embate também foi bem disputado, mas só tiveram vontade de sorrir quando ouviram o apito final, as romenas venceram por três bolas de diferença, ou seja, 31-28.

Tudo indica que a formação da Europa de Leste quer evitar os colossos da fase seguinte, e, por isso, deve entrar hoje com o objectivo de repetir a proeza das jornadas anteriores. Na outra partida, a Espanha joga com a Frnaça, às 20:30, na mesma cidade. No dia seguinte, a França recebe a Roménia, ao passo que Angola fecha a quinta jornada com o Paraguai, às 14:00h.