Multichoice anuncia novos investimentos em Angola

A DSTV Angola investiu em 10 novas lojas, perfazendo um total de 20, instaladas nas 18 províncias do país. A empresa fez balanço financeiro negativo, mas salvaguardou cerca de 300 empregos directos e mais de mil indirectos.

POR: Isandra Capita

Apesar do actual contexto macroeconómico, a Multichoice anunciou novos investimentos no país com uma nova estratégia voltada para o cliente. A informação foi avançada pela distribuidora de serviços de televisão em conferência de imprensa realizada esta semana, em Luanda.

De acordo com o director-geral da Dstv Angola, Eduardo Continentino, o balanço financeiro da empresa registou baixa, fruto do contexto económico do país, contudo, registou um aumento no número de lojas e empregos directos e indirectos.

“A Multichoice está a investir continuamente na sua presença e distribuição pelo país, as realizações de 2017 provam o interesse e a crescente motivação para levarmos o melhor entretenimento para todos os angolanos, com qualidade e da forma mais acessível”, explicou Eduardo Continentino. Em relação ao Canal SIC Notícias que deixou de ser emitido no país, o responsável disse que a retoma do canal continua em negociação.

Durante a conferência, Eduardo Continentino apresentou igualmente a visão da empresa na valorização do cliente com a criação de uma direcção de clientes, e no estímulo ao empreendorismo com agentes comerciais, como franquias de padrão idêntico às lojas. Durante o presente exercício económico a Dstv inaugurou 10 lojas, perfazendo 20 lojas no país, e, consequentemente, garantiu mais de 50 empregos directos e uma centena de empregos indirectos, através de agentes e instaladores Dstv.

Há 19 anos em Angola, a Dstv actualmente é uma empresa composta por 98 por cento de quadro nacionais e está presente em todo o país com 315 colaboradores directos e mais de mil empregos indirectos. A plataforma conta em África com cerca de 12 milhões de subscritores.