loader

Briga entre grupos rivais resulta em morte

Os supostos marginais revelaram que a briga deveu-se às jovens que “namoravam” com os integrantes de dois grupos rivais. Os dois adolescentes que falaram à imprensa são descritos como sendo os cabecilhas.

POR: Milton Manança

Daniel Bonifácio e Joelson Domingos, de 16 anos, estão a ser acusados de terem participado no assassinato de Bruno, de 17 anos, na semana passada, no bairro Mota, no distrito Urbano do Sambizanga, em Luanda. Tudo aconteceu quando os integrantes dos dois grupos entraram em rixa, à saída de uma festa, acompanhados pelas suas namoradas que terão sido o mote da briga entre os rivais.

Segundo Daniel Bonifácio, apontado como cabecilha do grupo “Os Governos”, Bruno sucumbiu em consequências das agressões de que foi alvo por parte dos seus adversários que lhe arremessaram garrafas à cabeça. Recordou que, insatisfeitos com o estado em que se encontrava a vítima, um deles picou-o com uma faca em diversas partes do corpo, sem especificar quais. Daniel, de 16 anos, acrescentou que as meninas com quem se envolviam sempre constituíram a razão principal do desentendimento entre as duas facções rivais que constantemente colidiam no bairro Mota.

“Durante a luta, um de nós deu-lhe com uma garrafa à cabeça e outro picou com faca. Ele acabou por morrer. As nossas lutas acontecem mais nas festas por causa das nossas namoradas”, disse Daniel. Já Joelson, também de 16 anos, pertencente ao grupo da vítima, confirmou que a razão das divergências têm sido as meninas, mas realçou que no dia em que o seu companheiro foi assassinado não participou da rixa. Disse que foi detido em casa. Os membros dos dois grupos foram apresentados ontem, à imprensa, em Luanda, pela Polícia .

Últimas Notícias