loader

Bovinos morrem por falta de água e pasto na Chibia

Cento e 42 cabeças de gado bovino morreram no município da Chibia, Sul da província da Huíla, devido à escassez de pasto e de água provocada por uma estiagem que assolou a região entre os meses de Setembro e Novembro do ano findo, informou Quarta-feira o director municipal da agricultura, Carlos Tchiloya.

Em declarações à Angop, o responsável fez saber que a estiagem atingiu as comunas do Jau, Quihita, Capunda Cavilongo e Sede, onde criadores tradicionais detêm um efectivo ganadeiro com 160 mil bovinos.

Referiu que técnicos do sector continuam a trabalhar no sentido do apuramento definitivo dos estragos causados pela falta de chuvas nos últimos meses do ano passado, dada a importância que o gado representa para a vida das populações locais,   quer do ponto de vista económico como cultural.

“Neste momento já temos chuvas a cair no município e a falta de pasto e água está ultrapassada, mas estamos a nos debater com algumas doenças que afectam o gado, como os carbúnculos hemático e sintomático, que estão a afectar os bois devido à fraca cobertura vacinal”, disse. O município situa-se a 42 quilômetros do Lubango e possui 190 mil e 670 habitantes, que têm a pastorícia como principal actividade das famílias, praticando também a agricultura em pequena escala.

Últimas Notícias