loader

Spotify processado em 1,6 mil milhões de dólares

A Wixen Music Publishing, responsável por licenças de artistas como Tom Petty, Neil Young, The Beach Boys, Missy Elliott ou Janis Joplin, processou o Spotify no valor de 1,6 mil milhões de dólares.

A empresa alega que o serviço de streaming de música tem estado a disponibilizar “milhares de canções” que não estão devidamente licenciadas, explica o The Verge.

“Antes do lançamento nos Estados Unidos, o Spotify tentou licenciar discos num trabalho com as editoras, mas na ânsia de querer ser o primeiro a chegar ao mercado não se esforçou o suficiente para recolher a informação necessária sobre a composição das canções e, em muitos casos, falhou no licenciamento das composições.

Últimas Notícias