loader

Ministério da Cultura destaca acção do historiador Simão Souindoula

O Ministério da Cultura destacou, esta Terça-feira, numa nota de condolências, a acção do historiador e perito da (UNESCO), Simão Souindula, na afirmação, divulgação e preservação da identidade cultural angolana.

Reagindo à morte do seu antigo quadro ocorrida Segunda-feira, no Hospital Josina Machel, vítima de doença, o Ministério da Cultura realça que Simão Souindoula dedicou a sua carreira no enriquecimento da História de Angola e de África, mais especificamente na vertente relacionada ao fenómeno de tráfico de escravos.

Quadro sénior do Ministério da Cultura, Simão Souindoula começou a sua carreira em 1976, no Laboratório Nacional de Antropologia.

Últimas Notícias