loader

Trump acusado de comprar silêncio de estrela porno por USD 130 mil

Jornal The Wall Street Journal afirma que acordo de confidencialidade foi assinado um mês antes das eleições presidenciais de 2016 O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teve uma Sextafeira atribulada: depois das acusações de que terá feito comentários insultuosos e racistas em relação ao Haiti e a vários países africanos, a sua conduta voltou a ser posta em cheque pelo The Wall Street Journal. Segundo este jornal, o multimilionário chefe de Estado terá pago mais de 130 mil dólares a uma estrela de filmes pornográficos para evitar que esta revelasse pormenores sobre um alegado encontro sexual entre ambos. De acordo com o The Wall Street Journal, que cita fontes próximas do processo, o acordo de confidencialidade terá sido negociado entre Michael Cohen – advogado que passou quase uma década nos serviços jurídicos da Trump Organization – e o representante da mulher, chamada Stephanie Clifford.

Últimas Notícias