loader

Análise Diária: Taxa de inflação situou-se em 26,26% em Dezembro face ao período homólogo

A taxa de inflação em termos homólogos reduziu 14,13 p.p., de Janeiro a Dezembro de 2017

Por: Banco Atlantico

ESPAÇO ANGOLA

• O índice de preços ao consumidor, em Luanda, encerrou o ano de 2017 com uma variação de 1,13% face ao mês de Novembro e de 26,26% em relação ao período homólogo de 2016.

• As relações comercias entre Angola e a China poderão intensificar- se após a ratificação do acordo de facilitação de vistos, sendo que a China destaca-se entre os principais parceiros comercias do país.

ESPAÇO INTERNACIONAL

EUA: A taxa de inflação referente ao mês de Dezembro fixou-se em 2,1% em comparação ao mesmo período de 2016, uma ligeira redução face aos 2,2% apurados no mês de Novembro.

• Japão: A oferta de moeda medida pelo agregado monetário M2 aumentou 3,6% em Dezembro face ao período homólogo, uma redução de 0,4 p.p. em relação ao mês anterior.

VISÃO ATLANTICO

• A taxa de inflação, tendo como referência os preços da cidade capital, Luanda, referente ao mês de Dezembro fixou-se em 26,26%, na variação homóloga, que representa uma redução de 14,13 p.p. em relação ao registo do início do ano, ao atingir 40,39%. Em relação ao mês de Novembro, o índice de preços ao consumidor registou aumento de 0,11 p.p., para 1,13%, impulsionado pela contribuição do nível geral dos preços da classe Alimentação e Bebidas não Alcoólicas, seguido pela classe de Bens e Serviços Diversos, em cerca de 29% e 17%, respectivamente. Entretanto, as classes com maior variação foram Bens e Serviços, com 1,96% e Habitação, Água, Electricidade e Combustíveis, com 1,81%.

• O índice de preços ao consumidor nos Estados Unidos da América encerrou o ano transacto com uma variação de 2,1% em relação ao período homólogo, correspondente a uma redução de 0,4 p.p. face o mês de Janeiro, tal como, 0,1 p.p. em relação ao mês de Novembro, enquanto os sectores de habitação e alimentos registaram maiores aumentos, e a maior redução registou-se no sector da energia, influenciada pela queda do preço da gasolina. O valor apurado no final do ano, esteve em linha com os objectivos da Reseva Federal de uma inflação anual em torno de 2%.

Últimas Notícias