loader

CIAM encerra primeira fase de palestras sobre a sinistralidade

Promovida pelo Centro de Imprensa Aníbal de Melo (CIAM), em todos os municípios, a primeira fase do ciclo de palestras sobre a sinistralidade rodoviária foi encerrada com o apoio da Direcção Nacional de Viação e Trânsito (DNVT) e do Instituto de Estradas de Angola

Por: Stela Cambamba

Sob o lema “a sinalização rodoviária como método de prevenção de acidentes”, a realização destas palestras serviu também para despertar a sensibilidade dos cidadãos sobre a necessidade de se evitar mais mortes nas estradas. De acordo com o director adjunto do Instituto de Estradas de Angola (INEA), Fernando Bonito, o evento foi bastante produtivo, uma vez que os munícipes ficaram mais esclarecidos sobre a necessidade de se reduzir aquele tipo de mortalidade no nosso país.

Um dos grandes desafios da DNVT prende-se em permitir que as campanhas de sensibilização contra a sinistralidade atinjam o maior número de cidadãos, dada a importância de se educar, para prevenir.

Com as palestras, também têm conseguido consciencializar os automobilistas e peões. Já a administradora do município de Talatona, local escolhido para o encerramento do ciclo de palestras, Manuela Bizerra, é de opinião que iniciativas como estas devem continuar, uma vez que torna-se preocupante e necessário inverter o quadro da sinistralidade rodoviária, que só será possível com acções práticas.

O balanço desta primeira fase de palestras está agendado para o próximo dia 24 do corrente mês, no auditório Aníbal de Melo, CIAM. Está reservado também, para o mesmo dia, uma retrospectiva das incidências de actividades da mesma organização e do impacto causado junto do público- alvo.

Últimas Notícias