loader

Empresas podem facilitar tratamento no exterior

Os tratamentos para o exterior estarão agora mais baratos para os angolanos. A iniciativa é de uma parceria entre Angola e a internacional Evisionholdings Medmonks da India.

POR: Brenda Sambo

Doravante os angolanos terão a facilidade de fazer consultas no exterior a um valor inferior ao que era habitual fora do país, através da implementação de uma parceria entre médicos angolanos com médicos indianos e sul -africanos. A directora geral da Medmondnk Angola, Amona Major, disse à imprensa no final de uma conferência de imprensa, realizada recentemente em Luanda, que os preços vão depender da patologia apresentada pelo paciente e também do referido país.

Avançou que, se for na África do Sul, por exemplo, um Check-up pode ser mais barato podendo estar a custear entrecUSD 1000 e USD 8000. De acordo com a responsável, para além de facilitar a deslocação dos pacientes para o exterior vai permitir também a vinda de médicos sul-africanos e indianos ao país no sentido de realizarem consultas.

“Se por exemplo, o médico angolano não conseguir tratar aqui uma determinada patologia, então o doente será reencaminhado para um desses países, tendo em conta os relatórios, e ai a Medmonks Angola vai ajudar o paciente no sentido de facilitar todo o processo”, garantiu. Por outro lado, referiu que com este intercâmbio, a Medmonks Angola vai fazer o devido acompanhamento do paciente desde as questões de alojamento e também uma um profissional caso seja preciso um tradutor.

De acordo com a responsável, depois de regressar ao país, o paciente vai continuar a receber assistência dos médicos da Medmonks Angola. “A especialidade da Medmonks Angola é de identificar a especialidade, o país e também a instituição em Angola para o paciente fazer o tratamento”, esclareceu. “Neste momento, a empresa Medmonks Angola, estabeleceu parceria com algumas pousadas da província de Benguela, para garantir a estadia de alguns pacientes ou turistas”, precisou.

Últimas Notícias