loader

139 emigrantes ilegais togoleses repatriados da Líbia

Mais de 130 emigrantes clandestinos do Togo foram repatriados pelo Ministério líbio dos Negócios Estrangeiros do Governo de União Nacional, indicou um comunicado oficial divulgado Quarta-feira. Segundo um comunicado do Gabinete de Informação do Ministério dos Negócios Estrangeiros, o repatriamento aconteceu no termo das discussões entre a embaixada do Togo, na Líbia, e responsáveis da direcção africana no Ministério líbio dos Negócios Estrangeiros. A embaixada togolesa exortou, segundo a mesma fonte, o ministério líbio dos Negócios Estrangeiros a ajudar no repatriamento dos seus concidadãos, tendo este último dado de imediato instruções para o apoio completo e facilidades para o regresso à pátria dos emigrantes togoleses. Entre 400 e 700 mil migrantes estão presentes em centros de retenção na Líbia, segundo as estatísticas da União Africana (UA). Durante a recente cimeira União Africana-União Europeia em Abidjan, na Côte d´Ivoire, a organização pan-africana decidiu repatriar estes cidadãos bloqueados neste país da África do Norte na tentativa de rumarem para a Europa.

Últimas Notícias