loader

Libolenses e proletários abrem Girabola Zap 2018

A festa do desporto rei em Angola está de volta aos relvados, desta vez será jogada à velocidade cruzeiro, ou seja, a presente temporada deve terminar em Outubro, de modo que no ano seguinte a prova seja disputada à luz da uniformização do calendário da Confederação Africana de Futebol (CAF).

POR: Sebastião Félix

Depois da pré-época, os libolenses entram com o objectivo de repetir a proeza. No ano passado vergaram a formação da cidade das Acácias Rubras na primeira e segunda voltas. Na primeira, os proletários perderam por três bolas sem resposta, ao passo que na segunda escorregaram em casa por 4-1, numa partida em que os visitantes foram superiores em todos os aspectos.

Mesmo perdendo algumas peças importantes, o técnico Kito Ribeiro acredita que a sua equipa está preparada para surpreender os pupilos de Agostinho Tramagal, uma vez que cada jogo tem a sua história. Os proletários admitem que não é fácil jogar em Calulo, mas não descartam a possibilidade de fazer um resultado que satisfaça o grupo, aliás, também prepararam a temporada.

No Huambo, o JGM mede forças com o Bravos do Maquis, no Estádio do Ferrovia, às 15:00. A equipa do Planalto Central cruza com um adversário duro de roer, mas querem mandar em casa. Como sempre, a equipa do Huambo entra para a prova com o objectivo de se manter na competição, ao passo que o adversário, pelos investimentos que fez, tenciona estar entre os seis primeiros. Na cidade do Huambo, os adeptos do JGM estão confiantes, sendo que elogiam a direcção pela forma como se bateu no ano passado para continuar na maior cimeira do desporto rei em Angola.

Ivo Traça garante coesão do grupo

O treinador adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça, apontou ontem a necessidade de coesão, dedicação e controlo de ansiedade da equipa, para ultrapassar o Platinum do Zimbabwe, nas preliminares de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões Africanos de futebol. Em conferência de imprensa de lançamento do jogo da primeira “mão”, que se disputa Domingo, no estádio 11 de Novembro, na capital do país, o coadjuvante do sérvio Zoran Maki referiu que o plantel fez uma boa preparação e está em condições de lutar por um resultado positivo.

Palmarés

1979 1º de Agosto 1980 1º de Agosto 1981 1º de Agosto 1982 Petro de Luanda 1983 1º de Maio 1984 Petro de Luanda 1985 1º de Maio 1986 Petro de Luanda 1987 Petro de Luanda 1988 Petro de Luanda 1989 Petro de Luanda 1990 Petro de Luanda 1991 1º de Agosto 1992 1º de Agosto 1993 Petro de Luanda 1994 Petro de Luanda 1995 Petro de Luanda 1996 1º de Agosto 1997 Petro de Luanda 1998 1º de Agosto 1999 1º de Agosto 2000 Petro de Luanda 2001 Petro de Luanda 2002 ASA 2003 ASA 2004 ASA 2005 Sagrada Esperança 2006 1º de Agosto 2007 Interclube 2008 Petro de Luanda 2009 Petro de Luanda 2010 Interclube 2011 Recreativo do Libolo 2012 Recreativo do Libolo 2013 Kabuscorp 2014 Recreativo do Libolo 2015 Recreativo do Libolo 2016 1º de Agosto 2017 1º de Agosto

2018?

Últimas Notícias