loader

Rádio Mais Huambo procura novas parcerias

Com o objectivo de implementar novas rúbricas nos programas de recreação, concursos e algumas outras surpresas que estão em carteira, a Rádio Mais Huambo procura novas parcerias.

POR: Stela Cambamba

Desde 2009 que a Rádio Mais é emitida também no Huambo. Uma rádio que tem conquistado um número considerável de ouvintes, fruto do investimento na inovação e na audição àqueles que a depositam confiança na sintonia. Estes registos são reforçados com o retorno que têm recebido dos ouvintes. Para além dessa avaliação, a audiência também é medida nos concursos em que elegem os profissionais da rádio e programas mais votados pelo público. “Sempre que possível, procuramos inovar, atendendo à dinâmica da própria comunicação social globalizada, bem como respeitando as regras e responsabilidades exigidas”, confessou Ana Ruth Miguel, directora daquela estação radiofónica.

A Rádio Mais, no Planalto Central, tem como voz de maior audiência a do jornalista Otenásio Matias, seguido de Ezequias Sambototo Eduardo, a “voz máxima” do programa em língua nacional Umbundo. Entretanto, não ficam atrás as vozes de Elsa Inaculo, Wilson Troco e Alcídio David. Sobre o nível de satisfação da actual grelha de programação por parte do público-alvo, a dirigente disse que é positiva, em função da realidade local e dos recursos humanos disponíveis. E, com o objectivo de melhorar mais, a sua equipa fez recentemente algumas alterações de horários e formatos, em alguns programas, sendo que aprimoramentos oportunos vão surgindo, “mas, por agora não há necessidade de aumentar os programas, talvez mais para a frente se possam incrementar alguns de fórum desportivo e de análise de política internacional”.

Actualmente, a rádio tem uma grelha recheada (entre às 05h30 e às 18h30 programação local, seguida de música variada até às 20h30, altura em que transmitem o jornal principal, assim como acontece com o jornal das 13h00 que passa localmente 30 minutos depois). O município sede do Huambo é o de maior audiência, o que se deve ao facto de a rádio estar instalada nesta cidade, que é a mais populosa. Mas a Rádio Mais Huambo é ouvida também em algumas localidades que fazem fronteira com as províncias do Bié e da Huíla. De acordo com Ana Miguel, o programa com maior interacção é o “Linha Directa com os Ouvintes”, realizado das 9h30 às 10h00, onde os participantes ligam expondo preocupações de carácter social.

Em seguida está o programa “Grande Informação”, de segunda a sexta-feira, das 07h às 08h com informações relacionadas à circulação rodoviária na província, via SMS. Isto sem esquecer os programas de entretenimento, como o “Tardes Mais”, que passa de Segunda a Sexta, das 15h00 às 18h00, e os “Sábado e Domingo Mais”. Quanto às dificuldades, a directora da Rádio Mais apontou a falta de recursos humanos, “ainda somos muito pouco, o que muitas vezes nos obriga a trabalhar mais de 10/12 horas consecutivas”. Para este ano, pretende- se apostar mais na proximidade, assim como na melhoria constante da programação. Estão em carteira a realização de mais debates, assim como a presença de dirigentes nos estúdios para garantir também a proximidade destes com o cidadão.

Últimas Notícias