loader

João Lourenço discute com homólogos eleições na RDC

A realização de consultas regulares para análise dos preparativos atinentes à realização das eleições na RDC, reuniu ontem em Kinshasa, os presidentes de Angola, João Lourenço, da República Democrática do Congo (RDC), Joseph Kabila e do Congo Brazzaville, Dennis Sassou Nguesso.

O adiamento das eleições de 31 de Dezembro de 2017 para 23 de Dezembro de 2018, levou a que a oposição exigisse a saída do Presidente Kabila que constitucionalmente está impedido de voltar a concorrer ao mandato presidencial. A situação tem alimentado suspeitas de que Joseph Kabila esteja a tentar eliminar limites constitucionais de mandato, provocando, em consequência, uma convulsão social interna com probabilidade de atingir os países vizinhos.

Da parte de Kabila existe o compromisso de cumprir o calendário eleitoral para as eleições de Dezembro próximo. Essa posição do Presidente Kabila também já havia sido manifestada aos homólogos de Angola e do Congo, durante uma cimeira sobre a mesma temática realizada em Dezembro de 2017, em Brazzaville. A cimeira tripartida durou um dia. Na base das permanentes consultas está, entre outros pontos, a remarcação das eleições gerais na RDC.

Desde então os dois países vizinhos seguem de perto o processo, no sentido de ajudarem e junto da comunidade internacional poderem ser o garante de que os objectivos almejados por todos (eleições livres e justas) possam ser alcançados a 23 de Dezembro deste ano. Angola, RDC e Congo integram a Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIGRL).

Últimas Notícias