loader

E nós tipo nada

É assim mesmo. Para angolano, notícia é só se há ou não exonerações, se alguém roubou, ou se um doido varrido violou uma criança. Tudo isso é importante, mas não chega.

POR: José Kaliengue

Não é tudo. Uma capa de jornal com notícias sobre a economia, se for sobre a inflação, vende razoavelmente, apenas razoavelmente, porque as pessoas se esquecem que este assunto tem mil vezes mais a ver com o seu bolso, com o que põem na mesa de casa, do que a exoneração de um qualquer dirigente que vai tirar umas férias sabáticas, bem vividas em países desenvolvidos, até à nova nomeação. Há que aprender a olhar para aquilo que interessa um pouco mais ao nosso dia-a-dia, ao cuidado com o que temos, principalmente com aquilo de que pode depender a nossa vida, sobre se amanhã podemos ou não estar vivos. Como não ligamos, as desgraças vêm e depois a culpa é do avô, do Governo, de todos. Menos da nossa distracção. Os jornais diários e as televisões, principalmente a pública, dão todos os dias notícias sobre o tempo, mas ninguém liga. A meteorologia, no resto do mundo é notícia importante, indispensável antes de se sair de casa, aqui é para esquecer, tanto que a maior parte dos órgão de comunicação social nem a divulga. As pessoas lamentaram-se, choraram e fizeram piadas com as chuvas dos últimos dias, como se de um fenómeno extra-terrestre se tratasse, bastava terem lido no OPAÍS a meteorologia e já saberiam que iria chover, e muito mais. Isto é também para os agricultores e para os homens do mar. O INAMET tem andado acertadinho, mas ninguém quer ouvir, depois vêm os óbitos.

Últimas Notícias