loader

O mercado monetário interbancário em 2017

A liquidez cedida pelo BNA, através do instrumento de Facilidade Permanente de Cedência de Liquidez, aumentou 272,9% em relação a 2016, o que poderá ser explicado pelo aumento dos depósitos obrigatórios

A performance apurada no mercado interbancário poderá reflectir a contracção da Política Monetária, que tem sido adoptada pela autoridade monetária nacional, o Banco Nacional de Angola (BNA), instituição responsável pela execução, acompanhamento e controlo das políticas monetária, cambial e de crédito.

A análise de Janeiro a Dezembro do ano transacto revela o incremento das transacções em 414,06%, tendo variado de KZ 131,21 mil milhões no início do ano para Kz 674,5 mil milhões em Dezembro. Destaca- se que a evolução apurada ao longo do ano representa o maior nível dos últimos sete anos, sendo superado apenas pelo aumento de 582,43% verificado em 2010, quando ascendeu de Kz 277,45 a Kz 1.893,43 mil milhões.

O montante total de liquidez transaccionado em 2017 fixou-se em Kz 2.353,74 mil milhões, que representa um aumento de 83% em relação a 2016, mas uma redução de 62% e 83% em relação a liquidez transaccionada em 2015 e 2014, respectivamente.

A política Monetária adoptada pelo BNA em 2017 culminou com a decisão de aumentar a taxa básica de juro em 2 pontos percentuais (p.p.), situando-se em 18%, manter a Taxa de Juro da Facilidade Permanente de Cedência de Liquidez em 20% e tornar a Taxa de Juro da Facilidade Permanente de Absorção de Liquidez a Sete dias nula (0%), que se fixava anteriormente em 7,25%, igualando- se à Taxa da Facilidade Permanente de Absorção de Liquidez Overnight.

Como resultado das medidas adoptadas, os bancos não recorreram à Facilidade de Absorção de Liquidez a 7 dias em Dezembro, sendo que no mês anterior fixaram-se em KZ 508,58 mil milhões , tendo contribuído para que em 2017 a referida rúbrica atingisse o montante de Kz 2.855,43 mil milhões, inferior em 19% ao registo de Kz 3.515,67 mil milhões apurado em 2016.

Por outro lado, a liquidez cedida pelo BNA pelo instrumento de Facilidade Permanente de Cedência de Liquidez atingiu um montante acumulado de Kz 3.834,34 mil milhões em 2017, que representou um aumento de 272,9% em relação ao total de Kz 1.028 mil milhões apurado em 2016.

A tendência apurada poderá ser explicada pelo aumento dos depósitos obrigatórios de Novembro a Dezembro, em 87,5%, atingindo Kz 891,5 mil milhões, como consequência da decisão do Comité de Política Monetária (CPM), na reunião de 30 de Novembro, de eliminar a elegibilidade das Obrigações do Tesouro na constituição das reservas obrigatórias, que representavam 2/3 do total.

As reservas livres dos bancos comerciais reduziram 52,4%, de Novembro a Dezembro, tendo variado de Kz 417,9 mil milhões a Kz 199 mil milhões , pressionados pela redução para zero dos cativos obrigatórios para a compra de divisas, sendo que em 2017 representavam cerca de 45% dos depósitos livres. A redução dos depósitos livres, associada ao aumento das reservas obrigatórias, representa um indicador da redução da liquidez disponível nos bancos comerciais, em particular, e na economia.

As operações de redesconto, também conhecidas como liquidez de emergência, que representam as cedências de liquidez pelo BC por prazos alargados tendo como colateral um conjunto variado de activos que inclui Títulos do Tesouro, registou aumento homólogo de 4,7%, fixando-se em Kz 2.815 mil milhões em 2017.

As Operações de Mercado de Aberto, instrumento de gestão da liquidez de curto prazo, registou aumento de cerca de 212% nas operações de absorção de liquidez, tendo variado de Kz 540,9 mil milhões em 2016 para Kz 1.687,7 mil milhões em 2017, e as operações de cedência de liquidez fixaram-se em Kz 117,6 mil milhões em Dezembro de 2017, a primeira operação de aumento da liquidez desde Abril de 2012, quando o BNA cedeu Kz 49,3 mil milhões.

A redução da liquidez disponível na economia tem contribuído para que se intensifiquem as transacções no mercado monetário interbancário, reflectindose sobre as taxas Luibor, tendo sido apurado um aumento de 1,63 p.p. da Luibor Overnight, que atingiu 17,77%, o maior aumento entre as maturidades no período Novembro a Dezembro de 2017, que espelha a aumento da procura por liquidez na economia.

Últimas Notícias