loader

Chuvas já causaram 11 mortes em Luanda

Onze pessoas morreram, oito por afogamento e três por electrocussão, em consequência das chuvas que nos últimos três dias caíram sobre a província de Luanda, segundo dados do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB).

Faustino Mingues, porta-voz da corporação, ao proceder, ontem, a actualização do balanço provisório, destacou, entre eles, a história de duas crianças, de três e cinco anos de idade, que se afogaram, na tarde de Segunda-feira, no interior da sua residência. As vítimas, moradoras do bairro Belo Monte, município de Cacuaco, estavam sozinhas quando começou a chover.

A residência ficou inundada, tendo a água ultrapassado os 60 centímetros de altura, e as pequenas acabaram por sucumbir. Revelou, por outro lado, que uma adolescente de 15 anos de idade morreu electrocutada, ao manter contacto com o gradeamento ligado a um fio eléctrico não isolado, de uma residência vizinha da casa onde morava com os pais.

A sua equipa trabalha arduamente para resgatar um cidadão de 40 anos de idade que, segundo informações dos munícipes de Belas, desapareceu, na noite do mesmo dia, após ser arrastado pelas correntezas na vala do Cantintom, na parte final de acesso ao mar. Na lista de ocorrências do SNPCB ficou também registado, ontem, o caso de um ancião que morreu no interior de um apartamento na Avenida dos Combatentes, em consequência de um incêndio que presume- se ter sido causado por curto- circuito.

Últimas Notícias