loader

Nova obra de José Luís Mendonça é apresentada hoje na UEA

O livro publicado pela Editora Guerra & Paz intitula-se “Angola, Me Diz Ainda”, já teve um lançamento oficial em Janeiro último, na sede da União das Cidades Capitais Luso-Afro-Américo-Asiáticas (UCCLA), em Lisboa, tendo sido apresentado pelo professor universitário Francisco Topa.

POR:Augusto Nunes

O auditório da União dos Escritores Angolanos (UEA) é o palco do lançamento, esta Quarta-feira, às 18 horas, da mais recente obra literária do escritor José Luís Mendonça. O livro com 96 páginas, conjuga e alia o sopro de mudança política que Angola começou a viver, e será apresentado por João Ngola Trindade. Segundo o autor, a obra inclui poemas criados desde os anos 80 até à data e é uma epopeia do percurso histórico do povo angolano, desde a independência até aos dias de hoje.

As suas esperanças segregadas, as lutas diárias, os perfis de criadores da história, cada um à sua maneira, esculpida através de um trabalho artesanal de compor versos com jogos de imagens e palavras ditas no linguajar da rua. Coisas que, no entender do escritor José Luís Mendonça, foram acontecendo e acontecem, e pelas quais a alma do poeta se deixou embarcar naturalmente e sem premeditação. Em “Angola, Me Diz Ainda”, José Luís Mendonça resgata a história, o legado da geração literária de 40, e considera-se um continuador, um membro efectivo do ideário contido no slogan “Vamos Descobrir Angola”. “Angola, Me Diz Ainda” é a primeira da colecção Troncos da Literatura Angolana, um projecto editorial da Editora Acácias e do Movimento Literário Lev’Arte, que tem como objectivo editar obras inéditas de autores angolanos que têm contribuído para a modernização do mosaico literário nacional.

Sessão de cinema encerra cerimónia de apresentação da obra

O acto do lançamento e assinatura de autógrafo da obra encerrará com a exibição do filme ”O calvário de Joceline” baseado no romance de Lito Silva com o mesmo título, realizado por Ngouabi Silva. Narrativa de ficção, “O calvário de Joceline” é baseado em factos reais. O filme retrata a queda do edifício sede da Direcção de Investigação Criminal, em Luanda, a 29 de Março de 2008. É uma narrativa de ficção baseada em factos reais.

O autor

José Luís Mendonça nasceu em Angola, no dia 24 de Novembro de 1955. Licenciado em Direito pela Universidade Católica de Angola, é jornalista de profissão, actualmente vinculado às Edições No- Augusto Nunes vembro, E.P., onde exerce o cargo de director e editor-chefe do Jornal CULTURA, quinzenário angolano de Artes & Letras. Em 2005, foi contemplado com o Prémio Notícias Gerais da Lusofonia, no Concurso CNN Multichoice Jornalista Africano. No mesmo ano, o Ministério da Cultura atribuiu-lhe o Prémio Angola 30 Anos, na disciplina de Literatura, no âmbito das comemorações do 30.º Aniversário da Independência Nacional, pela sua obra poética “Um Vôo de Borboleta no Mecanismo Inerte do Tempo”. José Luís Mendonça é autor de vários livros de poesia e um de contos.

Últimas Notícias