loader

Príncipe William afirma ter “contas a ajustar” com “Star Wars”

Durante a entrega dos prémios Bafta, realizado Domingo, o príncipe William foi protagonista de um momento hilariante ao mostrar o seu desagrado por não ter aparecido no último filme de “Star Wars”.

Já é conhecida a admiração de William, bem como do seu irmão Harry, pelo universo de “Star Wars”. Em 2016, os príncipes britânicos acreditavam ter realizado um sonho de infância, quando lhes foi dada a oportunidade de fazer parte de um dos filmes da saga. Acontece que a cena em que ambos participaram, que deveria integrar “Star Wars: The Last Jedi”, acabou por ser excluída da versão final do filme, que se estreiou em Dezembro do ano passado.

O corte foi justificado pelo facto de os irmãos, a quem tinham sido atribuídos os papéis de Stormtroppers, não cumprirem os devidos requisitos para interpretar os personagens, cuja altura deveria estar dentro do limite de 1,80 m. Mas o príncipe William não parece ter esquecido, ou mesmo perdoado, a ausência da sua cena no filme, descontentamento que fez final do filme, que se estreiou em Dezembro do ano passado. O corte foi justificado pelo facto de os irmãos, a quem tinham sido atribuídos os papéis de Stormtroppers, não cumprirem os devidos requisitos para interpretar os personagens, cuja altura deveria estar dentro do limite de 1,80 m.

Mas o príncipe William não parece ter esquecido, ou mesmo perdoado, a ausência da sua cena no filme, descontentamento que fez questão de referir durante a entrega dos prémios de cinema Bafta, realizada no Domingo. De acordo com o “The Telegraph”, os comentários de William foram “apanhados” quando este subiu ao palco, juntamente com a Duquesa de Cambridge, para conhecer a equipa de produção de “Baby Driver”.

Foi à conversa com Jonathan Amos e Paul Machliss, que conquistaram a categoria de melhor edição, que o neto da rainha Isabel II se mostrou desapontado. “Na verdade eu tenho contas a ajustar com uns editores, já que eles me tiraram do filme de Star Wars”, afirmou, entre risos. “Tenho a certeza de que não foi culpa deles”, acrescentou William. Apesar de na altura a cerimónia já não estar a ser transmitida, os microfones ainda se encontravam ligados, registando o hilariante momento.

Últimas Notícias