loader

Regresso fatídico de Ntaya mata 6 peregrinos e fere 25

Contam testemunhas que o motorista foi aconselhado a estacionar o veículo e dormir, mas ele insistiu em prosseguir a viagem que acabou tragicamente nos arredores de Samba Caju, na madrugada de ontem. Um desfecho infeliz para 52 peregrinos tocoistas.

POR: André Mussamo,
enviado a Maquela do Zombo

Um grave acidente de viação com um autocarro que regressava da peregrinação de religiosos tocoistas à localidade do Ntaya (Naquela do Zombo- Uíge) resultou na morte de seis pessoas e em ferimento em 25 outras. Oito dos feridos, em estado grave, aguardavam evacuação para a capital do país em busca de melhor assistência, segundo uma fonte hospitalar em N’Dalatando, capital do Cuanza- Norte .

O autocarro, pertença da empresa Aguia, transportava 52 passageiros que regressavam da localidade de Ntaya, município de Maquela do Zombo, província do Uíge, depois de uma concorrida peregrinação pelo centenário de Simão Toco ocorrida na localidade onde se encontram sepultados os restos mortais do religioso. Segundo uma das vítimas, a “sonolência e alguma imprudência” do condutor podem ter desencadeado o fatídico acontecimento ocorrido na localidade de Tabi 2, município do Samba Caju, província do Cuanza-Norte.

Uma testemunha contou a RNA -Cuanza-Norte que a dada altura os passageiros “aconselharam” o tripulante a estacionar o veiculo e repousar por alguns momentos, dada a fadiga em consequência da longa viagem, todavia, ele “insistiu” em prosseguir a viagem, até a este desfecho fatídico. As autoridades do Cuanza- Norte prestaram socorro às vitimas que ontem, através de apoio aéreo’, oito das 8 vítimas em estado grave foram transferidas para unidades de referência em Luanda. Tabi 2 é uma entre as vilas de Camabatela e Samba Cajú na província do Cuanza-Norte. Somando as distancias, o veículo acidentado terá percorrido cerca de 400 km contados desde a vila de Maquela.

Últimas Notícias