loader

A empresa angolana de cosméticos Charme Natura, de produtos naturais 100% manufacturados, quer reforçar a sua presença em Luanda e nas demais províncias do país

A empresa angolana de cosméticos Charme Natura, de produtos naturais 100% manufacturados, quer reforçar a sua presença em Luanda e nas demais províncias do país.

POR: Brenda Sambo

Se tudo correr bem, a empresa Charme Natura começará a comercializar os seus produtos nas outras províncias do país ainda este ano. Para tal, a administração da empresa espera firmar um acordo com os Correios de Angola, no sentido de facilitar a transportação dos produtos. De acordo com o presidente da empresa, Eurico Adolfo, a parceria deve-se aos inúmeros pedidos dos clientes no interior do país. “Actualmente, os produtos da Natura já chegam a algumas províncias como Benguela, Uíge e Moxico. A perspectiva é chegar às 18 províncias do país”, apontou.

“Nós queremos estar presentes nas 18 províncias, porque o nosso objectivo é dar aos angolanos a possibilidade de ter produtos da Charme Natura”, declarou. Eurico Adolfo salientou ainda que a empresa também projecta expandir os seus produtos ao mercado internacional. No entanto, refere que tal não será para já, pois o processo precisa de um melhor alinhamento. Por outro lado, salientou que para o presente ano económico, a empresa, com capacidade para produzir 1000 produtos diários, pretende aumentar a capacidade de produção nos próximos meses, não tendo fornecido mais detalhes. Sem precisar os lucros, avançou que desde a sua implantação no mercado, em 2016, os produtos têm sido bem recebidos.

“O negócio tem sido positivo”, considerou.Actualmente, a empresa apresenta-se no mercado com 30 produtos diferentes, entre os quais 11 tipos de sabonetes, seis de champô, seis tipos de sais minerais para o banho, três tipos de água hidratante para o corpo, cremes e óleos, além de velas aromáticas naturais, esponjas marinhas e minerais. O gestor revela que a fonte de matérias-primas para a produção, é maioritariamente o mercado nacional, sendo as importadas provenientes do Gana, Namíbia e África do Sul. A empresa é a detentora da marca “Charme Natura”, virada para a produção e venda de cosméticos naturais, com capital humano angolano, e nos próximos meses pretende expandir- se no mercado nacional e aumentar a sua capacidade de produção.

Portal Jobartis reúne executivos

Em parceria com a Primavera Academy, KKM, Revista Human Capital e Skyna Hotel, a Jobartis vai organizar a primeira edição do evento que visa unir todos os profissionais de Recursos Humanos em Angola, para criar uma comunidade e fomentar o networking entre si, no dia 13 de Março de 2018,em Luanda no Hotel Skyna. De acordo com uma nota da organização, promover o conhecimento sobre os principais desafios estratégicos actuais na Gestão de RH, reflectir sobre as melhores práticas de gestão e desenvolvimento de talentos, assim como promover o networking com os melhores profissionais de Recursos Humanos, são os objectivos do evento.

Em todo o mundo, prossegue, os recursos humanos das empresas estão a converter- se no seu activo mais valorizado, e os departamentos de Recursos Humanos começam a ser os mais importantes e estratégicos para as empresas. Em nota, a Jobartis diz que em Angola os Recursos Humanos não têm tido um foco de tanta importância (em alguns casos extremos limitam- se a pagar salários e abrir processos disciplinares), mas isso é uma tendência que podemos mudar ao trazer mais sentido de importância à comunidade RH, mais ligação entre os profissionais, com palestras sobre as tendências mais modernas do sector RH.

Últimas Notícias