loader

Presidente João Lourenço consternado pela morte de cidadãos

O Presidente da República, João Lourenço, manifestou sentimentos de “profunda consternação” pelo trágico acidente que vitimou mortalmente seis fiéis da Igreja Tocoísta e deixou feridos mais de vinte, oito dos quais em estado grave.

Ocorrido na última Segunda- feira na localidade do Tabi I, município do Samba Caju, província do Cuanza-Norte, o acidente incidiu no capotamento de um autocarro com 52 fiéis que regressavam da celebração do centenário do Profeta Simão Gonçalves Tôco, assinalado a 24 de Fevereiro último em Maquela do Zombo (Uíge), Segundo uma nota de imprensa da Casa Civil do Presidente da República, citada nesta Quinta-feira, 01, pela Angop, em mensagem enviada a Dom Afonso Nunes, bispo da Igreja do Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo, o Chefe de Estado refere que “este lamentável infortúnio, ocorrido precisamente depois de esse grupo de fiéis ter participado numa expressiva manifestação de fé, torna ainda mais dolorosa a sua perda”. “Expresso, na pessoa do Senhor Bispo Dom Afonso Nunes, as mais sentidas condolências à Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo e a todos os membros das famílias enlutadas”, lê-se na nota que o Presidente da República fez chegar à liderança dos Tocoístas.

Últimas Notícias