loader

Editorial: Uma edição especial

Elas não têm nada a provar. Elas, infelizmente, têm que nos fazer lembrar, todos os dias, que nada têm a provar. Elas, infelizmente, têm um dia que lhes é dedicado para que a sociedade se lembre das suas capacidades, dos seus direitos. Angola, felizmente, é um país onde as mulheres não têm os desafios que mulheres de outro lado enfrentam. Em Angola a questão está na preservação e ampliação das conquistas. Não considerando dispensáveis os homens, porque não é este o propósito da luta feminina pela igualdade e pela paridade, a presente edição de OPAÍS prova, no entanto que as mulheres podem celebrar o seu dia trabalhando, fazendo o mesmo de sempre, com a qualidade de sempre. A coluna normalmente assinada pelo director é hoje assinada pela directora da Rádio Mais na Huíla. E no resto do jornal o leitor encontra muito mais de feminino que o habitual, sem diferenças, porque as notícias não têm género, o mundo acontece apenas.

Últimas Notícias