loader

Rastos de contaminação em pub e restaurante frequentados por ex-espião russo

As autoridades britânicas encontraram “rastos de contaminação” do agente neurotóxico administrado ao ex-espião russo Serguei Skripal e à sua filha num restaurante e um pub de Salisbury, no Sul da Inglaterra, que os dois visitaram em 4 de Março.

Os clientes que frequentaram os dois estabelecimentos entre Domingo 4 de Março às 13H30 GMT e seu encerramento no dia seguinte devem lavar os seus pertences por precaução. “Há rastos de contaminação com o agente neurotóxico no Mill Pub e no restaurante Zizzi de Salisbury”, declarou a directora do Public Health England, a médica Sally Davies, à BBC. “Estou convencida de que isto não colocou em risco a saúde das pessoas que estavam no Mill Pub ou no Zizzi”, completou, antes de informar que medida de precaução envolve “menos de 500 pessoas”.

Serguei Skripal, de 66 anos, e sua filha Yulia, de 33, foram encontrados inconscientes em 4 de Março num banco nas ruas da cidade inglesa de Salisbury, onde mora o ex-espião russo. No Sábado, os dois permaneciam em estado “crítico mas estável”, afirmou a ministra britânica do Interior, Amber Rudd. Um policial hospitalizado depois de prestar atendimento aos dois estava em “condição grave”, mas consegue falar.

Últimas Notícias