loader

Avó supostamente incendiada pela neta continua viva

A cidadã Maria da Anunciação, 65 anos, contrariamente ao que foi noticiado ontem, como tendo sido vítima mortal na sequência de uma sabotagem no sistema de gás, supostamente provocada pela sua neta, está viva, segundo uma fonte do Hospital Municipal do Huambo. As suspeitas deste crime, ocorrido no Sábado último no Huambo, bairro São Luís, de acordo com dados preliminares da Polícia local, recaem sobre a sua neta, por sinal sua homónima, Maria da Anunciação, 20 anos. A vítima, com elevado grau das queimaduras, foi socorrida pelos vizinhos e levada à unidade sanitária, onde recebeu assistência médica. A neta terá incendiado a casa com a avó dentro dela, depois de deixar vazar gás butano. Atendendo ao facto de os fortes indícios de que se trata de um crime de tentativa de homicídio frustrado, apontarem para a jovem como suposta autora, a Polícia Nacional deteve-a preventivamente. De acordo com o porta-voz da Polícia Nacional nesta província, intendente Martinho Kavita, os peritos do Serviço de Investigação Criminal local trabalham para identificar os motivos reais motivos deste crime.

Últimas Notícias