loader

Carta do leitor: na origem de tudo está a semente

Prezado director Começo por dar os meus parabéns a equipa do jornal opAíS pela lufada de ar fresco que dão ao jornalismo angolano. lendo o jornal, realmente, ficamos informados com tudo o que se passa no país.

POR: Justino Kamalokwe

Antes era só propaganda e política. Quero aproveitar esta deixa para fazer uma pergunta ao governo, aqui na carta do leitor: se está a chover com regularidade no nosso país, este ano, não só em luanda, e se esta chuva resultar em boas colheitas agrícolas, apesar da falta de adubos, de sementes e de material para trabalhar no campo, como é que se vai fazer para armazenar os produtos? porque na agricultura não é só colher e comer, é preciso guardar e conservar bem os produtos para a época em que se trabalha e não se colhe, mas precisamos de comer… e de sementes. Se pensarmos bem na produção de sementes, de certeza que daqui a poucos anos teremos o problema da fome já ultrapassado, porque depois a preocupação vai ser apenas a irrigação e preparação dos solos. Espero que o jornal também foque este aspecto, porque os governantes irão só falar das colheitas e das quantidades, mas é preciso também saber das sementes, para o país poupar dinheiro na sus importação. Sementes adequadas aos nossos solos e clima, diga-se. Além disso, espero que este jornal faça mais trabalhos na área da produção agrícola, com os camponeses e com os empresários, e mesmo com as mamãs que vendem à beira das estradas, porque cada produto que chega na nossa mesa tem uma história.

Últimas Notícias