loader

Futebol grego em crise aguda

O presidente do Comité de Vigilância da FIFA, na Grécia, Herbert Hübel, afirmou ontem que “o futebol grego está à beira do precipício” e que a saída dos helénicos do organismo já não parece algo “longínquo”. Hübel fez estas declarações após uma reunião com o ministro dos desportos da Grécia, Giorgos Vassiliadis, e o presidente da federação grega, Evangelos Grammenos, na sequência dos incidentes no PAOK-AEK, que originaram a suspensão do campeonato.

Últimas Notícias